domingo, julho 30, 2006

Parabéns Revista de Vinhos

Chegou finalmente a edição n.º 200 da Revista de Vinhos (RV). Em preparação durante vários meses, chegou às bancas com duzentas páginas e algumas "características especiais" (Luís Ramos Lopes dixit).
Com tanta preparação, parece-me que esta edição não é assim tão marcante quanto eu antecipava, e as tais "características" resumem-se a um caderno destacável (com um título, aliás, de gosto discutível), e algumas listagens de vinhos, de restaurantes, de acessórios gourmet, etc, enfim uma espécie de best of da RV. Por mim, como gosto e sigo a RV faz anos, tudo bem! Sou daquele tipo de público fiel: não me surpreendo facilmente com cadernos e afins, mas também não é por isso que abdico de comprar e ler a RV.
O mais importante é deixar bem claro a importância deste projecto: desde 1989, uma revista especializada de sucesso que fez e faz mais pelos vinhos portugueses (e não só) do que qualquer acção governamental, institucional ou promocional ("relatório Porter" incluído).
Aliás, eu não comecei a beber vinho por causa da RV, mas se não fosse esta revista talvez não estivesse aqui a escrever este blog. Obrigado, portanto.

3 comentários:

joaoRedrose disse...

Hey Nuno,

ao ler o teu post sinto-me inklinado (não, ainda não tou c'as pingas nem gotas :-) a concordar com a maior parte das tuas opiniões.
Parabéns também para ti!

saludo
joão

Pingus Vinicus disse...

Nuno tu dizes: "Por mim, como gosto e sigo a RV faz anos, tudo bem! Sou daquele tipo de público fiel: não me surpreendo facilmente com cadernos e afins, mas também não é por isso que abdico de comprar e ler a RV.
O mais importante é deixar bem claro a importância deste projecto: desde 1989, uma revista especializada que fez mais pelos vinhos portugueses (e não só) do que qualquer acção governamental, institucional ou promocional."

Concordo plenamente contigo. A RV é um importante marco na crítica dos vinhos em Portugal. A sua consistência origimou uma longevidade quase rara de se ver...

Abração Rui

Nuno de Oliveira Garcia disse...

É pá... É sempre bom ler palavras amigas de concordância!
Vou já beber umas pingas...