quarta-feira, abril 30, 2008


Vinium Callipole 2008
*
Organizado - e bem organizado - pelo Copo d' 3, foi o evento do passado fim-de-semana em Vila Viçosa. Num espaço pequeno mas deveras aprumado, estiveram presentes vários vinhos e vários produtores que prometem muito no futuro próximo (eg., Zambojeiro, Herdade das Servas), e outros que já são confirmações. Quanto a nós, de tudo um pouco se provou...
*
Porém, como o calor teimou - e ainda bem! - em aparecer, fomos "obrigados" a procurar abrigo num belíssimo espumante bruto da Casa de Cello (da colheita de 2002), num Quinta dos Roques Encruzado (B) 2007 e, claro está, nos brancos da Niepoort. Nestes últimos, o destaque é merecido para as amostras de casco do Tiara (B) 2007 e do Redoma Reserva (B) 2007, ambos fantásticos - o primeiro mais mineral, o segundo ainda preso na madeira mas mostrar que será bem melhor do que o 2006 -, a confirmar as melhores expectativas para a colheita. Tempo também para trocar palavras amigas com o Eng. Hernâni Verdelho (e provar um interessante Dona Berta Sousão (T) pensamos que de 2005) e com o Tiago na reprova de vários vinhos do produtor (seu pai) Domingos Alves de Sousa. Nestes, em especial, um inesquecível Quinta da Gaivosa (T) 2003, num momento de forma imbatível - para nós, o melhor Gaivosa de sempre (sim... mesmo sem as uvas das vinhas do Abandonado e do Lordelo).
*
Depois houve ainda tempo e muita vontade para confraternizar com o amigo Rui (Pingas no Copo) e para um jantar, tipicamente alentejano - com um Niepoort Colheita (P) 1983 a brilhar nas sobremesas - a encerrar o evento... E fica daqui um abraço ao João pelo sucesso da iniciativa!
*

2 comentários:

Pingus Vinicus disse...

Caro Nuno, interessante foi "beber" o Reserva Pessoal Alves de Sousa Branco de 2001 e o Quinta da Gaivosa 1992.

Um abração

Nuno de Oliveira Garcia disse...

Sim sim... também achei. Gostei bastante da forma do Gaivosa 1992. quanto ao Pessoal Branco sou difícil de convencer...

1 forte ab.

Nuno