sexta-feira, fevereiro 09, 2007

Próximos prazeres


Já não se pode aceitar que alguém diga que o vinho português não tem momentos de exposição onde pode ser livremente valorado e apreciado. Em Portugal os certames de vinho estão na moda e ainda bem. Cada vez mais bem organizados, cada vez com mais público (importa, contudo, saber se se trata de um verdadeiro movimento de massas ou apenas uma minoria em cada vez maior número), cada vez com mais expositores, enfim cada vez mais apelativos.
Nos próximos dias 16, 17 e 18 de Fevereiro é a vez da Essência do Vinho (ver programa no site oficial aqui) mostrar o seu valor com um programa ambicioso que promete muita actividade. O local é o do costume, no Palácio da Bolsa, cabendo ao mercado Ferreira Borges receber um verdadeira feira "gourmet". O preço dos bilhetes, como sucede noutros certames, é praticamente simbólico tendo em conta o que pode beber, aprender e conviver. Existirão convidados especiais, provas comentadas, jantares temáticos, descontos, etc. Não existem desculpas para não ir...
Na noite de 16 de Fevereiro, também no Porto, será feita a entrega dos prémios da Revista dos Vinhos, também conhecida pela noite dos "Óscares" no que toca à enofilia nacional. Uma noite sempre especial – já vai na décima edição, é obra! – que irá premiar os melhores néctares, produtores, enólogos e restaurantes, entre muitos outros.
Posto que vamos marcar presença em ambos os eventos, na nossa querida cidade do Porto – é que não existem mesmo razões para não ir... – procuraremos dar o "feedback" de tanta animação e convívio à volta do vinho. Estamos a viver talvez o momento mais activo no que toca a certames e feiras sobre vinho em Portugal. Por isso, toca a aproveitar, "penso eu de que" (cit.)!

10 comentários:

João Barbosa disse...

Será que já há òscar para o enófilo? Se sim, será que o nosso homem no Norte vai vir do Porto com uma Magnum na mão? ;-)

VinhoDaCasa disse...

Posso contar contigo para jantar dia 17?

Vens sózinho?
Vou hoje tratar da ementa.

Nuno de Oliveira Garcia disse...

Claro.

Estou confirmado e vou só.

Um grande abraço,

N.

Paulo disse...

Pois!
Tamos é muito poucos, mas não há problema, jantamos com o Chapim e com o Rui Sousa do Elixir de Baco.

Mas se quiseres ir ao jantar do Degusto, que é quase imperdível, estás à vontade.

Eu, por razões financeiras não vou.

VinhoDaCasa disse...

Nuno, o Elixir de Baco também não vem dos açores.

Não valerá a pena marcar o jantar, pois como somos poucos podemos decidir na hora o que faremos!

Abraço

Nuno de Oliveira Garcia disse...

Por mim tudo bem.

Também não faço questão de ir ao Degusto.

Estamos quanto afinal: 3? Por mim tudo bem.

Levamos cada um uma garrafa, certo?

N.

Vinho da Casa disse...

Sim.
Eu levo também a minha namorada e penso que o Chapim também vem acompanhado.
Também o José Nero deve-se juntar a nós.

Traz talvez uma garrafa sim.

Chapim disse...

Caros, de facto eu também vou acompanhado e podemos levar uma botelha para o repasto.
Estarei n essência no sábado à tarde e aí nos encontramos e seguimos para o jantar.
Terei todo o prazer em vos acompanhar à mesa!!

Até já!

Nuno de Oliveira Garcia disse...

Paulo e Chapim, por mim tudo ok, está marcado.

Só não tenho a certeza se levo uma garrafa de Lisboa pois vou de comboio e já vou muito carregado. Em qq caso compro lá uma antes do jantar.

Se não nos encontrarmos no recinto o meu telemóvel é 91 258 50 99.

Abraços,

N.

VinhoDaCasa disse...

Ok. Combinei com o Chapim.
Como tenho possibilidade de me deslocar até ao restaurante antes levo 2 brancos para lá para refrescarem.

O Chapim e a Inês levam 1 tinto cada.
Tu ficavas de levar outro tinto e o José Nero caso vá leva um Porto.
Penso que é o ideal.

Vamos jantar no Aromas e Sabores perto do Marquês. Entradas, um prato de peixe e um prato de carne. 20/25 euros por pessoa.