quinta-feira, março 01, 2007

Gambozinos Reserva (T) 2004


Mais um tinto duriense proveniente de um pequeno produtor à procura de um lugar ao sol. Mais um tinto bem feito, sem defeitos, apetecível até.

O Douro está com uma nova dinâmica. Juntamente com os "Douro Boys" tem surgido, mais recentemente, uma autêntica "nouveaux vague" com vinhos de gama "premium" muito interessantes. É como se existisse um Douro a duas velocidades, sendo que uma vaga pode muito bem aproveitar as sinergias criadas pela outra (e, naturalmente, o inverso), pelo que estamos perante uma tendência que nos parece muito positiva.

Pois bem, este Gambozinos Reserva – de pouco consensual talvez só tenha o nome comercial escolhido – tem uma bela cor, vermelha muito escura, e no copo mostra-se pesado e de álcool evidente. No nariz predomina a touriga (como vem sendo cada vez mais habitual) e os seus aromas florais, aqui um pouco rústicos e mais duros do que seria desejável. Na boca o vinho é bem curioso, se bem que parece hesitar entre um estilo rústico (que predomina) com algumas notas gulosas a fruta confitada e chocolate que o final acentua.
Em conclusão: temos vinho, e para beber nos próximos 5 anos. A menos de 12 €.

16
PS - Vejo que o Paulo anda a beber o mesmo que nós, aqui.

7 comentários:

AJS disse...

Caro Nuno como me fazes sentir ignorante, já não conheço os vinhos do "meu douro". Onde se pode encontrar? Qual é local de proveniência das uvas?

Nuno de Oliveira Garcia disse...

Amigo,

O teu Douro está cada vez maior, as marcas multiplicam-se cada ano. Deste vinho apenas sei que as uvas vêm do vale do Rio Torto e que as vinhas são "vinhas velhas".

Onde se encontrar é coisa difícil, mas vou tentar saber e digo logo qq coisa.

Forte abraço,

N.

Anónimo disse...

Caro Nuno

Conheço o produtor e sei que não se importa se o contactarem no sentido de saber onde comprar.Quem sabe podem mesmo encomendar via o próprio.

Liguem -lhe , pois sei que não há mal nisso
J.Carlos Paterno Dias
962538150
paternodias@iol.pt

Podem inclusivé dizer que vêm da minha parte .Isso não lhes garante desconto imediato , quem sabe apenas um riso da parte do Paterno Dias.

Um abraço

Pedro Tamagnini

Nuno de Oliveira Garcia disse...

Caro Pedro,

Obrigado pela preciosa informação. Assim fica tudo mais completo e fácil.

Forte abraço,

N.

PS. - O mesmo não se pode dizer do Avidagos branco (LOL).

Anónimo disse...

Nuno ,

qualquer queixa na falta de Avidagos Branco deve de ser dirigida oa Sr Fernando Magalhães.

Os meus distribuidores aqui no Porto fizem a aposta correcta !!

Um abraço

Pedro

Pedro Sousa P.T. disse...

O Avidagos ainda não consegui encontrar, mas o Qta da Atela já cá canta Corte Inglés Bloura.

Nuno de Oliveira Garcia disse...

Caro Pedro,

Foi o branco? Boa compra.

N.