quinta-feira, junho 12, 2008

Prova especial

Quinta do Bomfim

Este ano, o périplo pelo Douro começou com um almoço na Quinta do Bomfim, berço de muitos vintages e, em especial, do nosso favorito Dow’s. Em ano clássico, entram no lote vinhos de outras quintas da Symington (com destaque para a Quinta da Nossa Sr.ª da Ribeira e Quinta do Santinho), mas a Quinta do Bomfim, mesmo junto ao Pinhão, é uma referência obrigatória para o enófilo posto que está carregada de história e de estórias.

Numa tarde que se iniciou quente, e no jardim de uma charmosa habitação do tipo fazenda indiana de chá, refrescaram-se umas garrafas de Dow’s 20 Anos - já se sabe, um dos melhores tawny 20 anos do mercado - e a conversa pegou fogo. Depois, descida ao rio para breve passeio de barco. Depois ainda, mais visitas à Quinta da Perdiz (Rio Torto) e à Cavadinha (Celeirós), esta última com uma deslumbrante vista para as vinhas da Noval.

Agradecimentos merecidos  à família Symington e ao incansável António Torres. As fotos infra são ambas da Quinta do Bomfim.









2 comentários:

Artur disse...

Quem são os actuais donos da quinta da perdiz?
Como fazer uma visita?
mad1

NUNO OLIVEIRA GARCIA disse...

Boa tarde. Que eu saiba é o Grupo Syminton (não conhecimento de que tenha mudado de proprietários).
NOG