quarta-feira, maio 14, 2008


Casa Burmester Reserva (T) 2004

O grupo "Sogevinus", que engloba marcas como Kopke, Burmester, Gilberts, Cálem e Barros, tem vindo a produzir vinhos com qualidade e a preços que podem ser considerados justos. Entre eles, o Casa Burmester é um caso de sucesso e percebe-se que assim seja. Na verdade, tem "tudo no sítio", e está pronto a beber (aliás, o 2005 também já está praticamente pronto a beber). E "tudo no sítio" significa, neste caso, um tinto com estrutura, alguma elegância, taninos suaves (muito suaves mesmo, para o bem e para o mal) e muita fruta, mesmo no final.
*
Um vinho que, quer na colheita de 2004 como na de 2005, e tendo em consideração a qualidade apresentada e o preço pedido (a menos de € 12) será certamente uma das melhores escolhas junto da restauração - i.e., não desaponta na boca nem aleija na carteira! É preciso, como em todos os casos, que não esteja esgotado, ou o restaurante não pretenda ganhar uma comissão desmedida...

Neste caso, optámos por beber em casa a acompanhar um punhado de ossos de cabrito no forno. Bem bom!

16
*
Próximos vinhos: Ferreirinha Colheita (T) 1998; Quinta das Marias Encruzado barrica (B) 2006

2 comentários:

Pedro Sousa P.T. disse...

Foi um dos vinhos que nos acompanhou na véspera de Natal, com o tradicional bacalhau com couve. E cumpriu muito bem o seu "papel", não é um chamado vinhão, mas não compromete. Isto tendo em conta que o tinha comprado por 11€ no ECI, e estava em promoção. Mais uma vez digo que apesar de o preço nos vinhos de top estar inflacionado, pode-se comprar qualidade sem fazer um grande rombo no orçamento. Temos é de andar atentos!!!
Abraço.

Nuno de Oliveira Garcia disse...

Caro Pedro Sousa,

Inteiramente de acordo - "pode-se comprar qualidade sem fazer um grande rombo no orçamento. Temos é de andar atentos!!!" (cit.)

Um abraço,

N.