sexta-feira, janeiro 19, 2007

Apegadas Quinta Velha Res. (T) 2004


Há apenas 5 anos atrás era quase impossível encontrar um vinho como este no Douro. Sem tradição familiar, sem um grupo económico de suporte, apenas o incansável desejo e "carinho muito especial" pela região (fazem questão de o dizer) dos dois sócios. A Quinta das Apegadas é assim mais um recente projecto fruto da paixão de querer fazer vinhos. Hoje em dia começa a ser comum esta aposta no cometimento de produzir vinho, de viver afastado da cidade, de ajudar a natureza a recuperar tempo perdido. Foi isso que decidiram fazer Cândida e António Amorim adquirindo, em momentos diferentes, duas quintas, a Quinta das Apegadas no concelho de Mesão Frio (Baixo Corgo) e a Quinta Velha, uma propriedade centenária, situada na margem direita do Douro Cima Corgo. É desta última Quinta que sai o tinto ora provado. Cor jovial, generoso de tintura em tons cereja muito vermelha. Nariz arrepiante, uma capa de álcool sobrepõem-se imediatamente a uma madeira discreta mas gulosa. Na boca é compacto, arredondado por uma barrica que ajuda a harmonizar um conjunto forte e complexo. Tudo no sítio, muito agradável, acidez média. Final médio/longo com notas a compota e café. Um belo vinho! E uma grande estreia! A menos de € 20.

16,5

5 comentários:

Chapim disse...

Mais uma bela recomendação....

Boas provas!

Chapim disse...

Mais uma bela recomendação....

Boas provas!

Nuno de Oliveira Garcia disse...

Amigo Chapim,

É um belo vinho, sim senhor. Então, sempre nos vemos na nossa cidade natal no próximo dia 17?

N.

Chapim disse...

Tudo indica que sim em mais um momento que se quer inesquecível.

Boas provas!!

Nuno de Oliveira Garcia disse...

Fantástico!

N.