segunda-feira, novembro 07, 2005

Encontros com o vinho... escolhas

Foi o melhor evento relacionado com vinhos em Portugal que tenho memória. Mais de 200 produtores de vinhos (mas também em menor escala de queijos, presuntos, enchidos e azeites) todos no Centro de Congressos de Lisboa (antiga FIL). Foi assim ontem, Domingo dia 6 (e já havia sido de modo igual, mas com mais gente contaram-me, no Sábado dia 5).
Tratou-se do “Encontros com o vinho e sabores 2005”, feira festiva onde a concorrência dá lugar a uma saudável promoção e apresentação ao público (o dia 7 é reservado aos profissionais do sector) das últimas novidades vinícolas... o que significa, de modo redutor, os (fantásticos) vintages 2003, os reservas tinto de 2003 e 2002, e os brancos nacionais de 2003 e 2004 e ainda alguns brancos estrangeiros já de 2005 (só possível no “novo Mundo”!).
A convite da simpática “Adega Algarvia” não perdemos este certame e brigámos na prova de várias dezenas de vinhos. Encontrámos amigos e conhecidos em quase todos os balcões, mesmo nos distribuidores, o André no balcão da Vinalda que o diga. Vários foram também os escanções de restaurantes famosos a quem falámos (o Bruno do "Vírgula", a Ana do "Valle Flor").

Com um copo a tira-colo (literalmente) lá fomos nós a caminho das nossas escolhas nacionais... um delírio meus caros, um delírio.
Muito Bom:
Vintage Quinta do Crasto 2003 (preto na cor, doce, notas brutais a fruto)
Vintage Quinta do Portal 2003 (também preto, mais do doce que o anterior)
Quinta Vale Meão (T) 2003, Douro (quase preto, muito directo e preciso, uma bomba)
Quinta da Leda (T), 2003, Douro (complexo, interessantíssimo, para guardar muitos anos)
Evel Grande Escolha (T) 2003, Douro em sample (novo estilo? não era preciso! continua muito bom)
Bom +:
Quinta dos Roques Touriga Nacional (T) 2003, Dão (boa concentração, o melhor da touriga)
Luís Pato Vinha Pan (T) 2003, Bairrada (sempre fantástico, diferente, vegetal)
FSF Homenagem JMF (T) 2001, Palmela (bela cor, complexo, muita fruta)
Quinta do Portal Grande Reserva (T) 2001, Douro (grande vinho, pronto a beber)
Quinta do Mosteirô Grande Escolha (T) 2003, Douro (bela novidade, vegetal, muito curioso)
Bom:
Quinta do Carmo Reserva (T) 2003, Alentejo (bom na boca, mas no nariz teima em desagradar)
Esporão Alicant Bouchet (T) 2003, Alentejo (aromas a terra, algum mofo e pimentos)
Quinta dos 4 Ventos Reserva (T) 2002 (tem tudo para ser um vinho exemplar, mas é demasiado previsível... repetitivo até)

1 comentário:

stopsnoringexercices disse...

History Blogging Awards
A reminder about the Cliopatria Awards. There are six categories: You the readers have the opportunity to make nominations throughout November, and in December these votes will go to judging panels for the ...
Great, what a neat blog you have!

This is my About Wine
blog!