segunda-feira, julho 12, 2010

De Itália

Piemonte vs. Toscana

Este será um Verão em que iremos dedicar alguma atenção aos vinhos de Itália. Sem revelar tudo, mas levantando já um pouco a ponta do véu, diremos que mais adiante teremos o relato integral de uma prova inolvidável que tivemos o privilégio de poder fazer, nem mais nem menos do que uma dúzia de Barolos todos da magnífica colheita de 2001! E teremos notícias frescas da Toscana, inclusivamente de Maremma - uma das áreas mais em voga na Itália Central com os seus tintos "Morellino di Scansano". Bom, mas até lá... deixamos as nossas opiniões sobre quatro vinhos, dois de Piemonte e dois da Toscana.

Começando pelos vinhos da Itália Central, diremos que tanto o Tignanello (T) 2001 como o Flaccianello (T) 2006 estiveram belíssimos. O primeiro, um pioneiro dos "Super Tuscan", um vinho famoso pela combinação, inventada por Antinori, de 80% Sangiovese mais Cabernet Sauvignon e Cabernet Franc. O segundo, um 100% Sangiovese da casa tradiconal Fontodi sita em Chianti Clássico. Ambos revelam-se completos na prova de nariz e de boca: o Tignanello, necessariamente mais evoluído, já com terciários garbosos a lembrar néctares bordaleses (17,5-18); o Flaccianello, com notas de fruta encarnada, cinza e especiarias,  simultânemente sensual
e elegante (17-17,5).

Do lado de Piemonte, no noroeste de Itália, dois 100% Nebbiolo - talvez a melhor casta italiana -, ambos frescos e gastronómicos. O Barolo, num estilo clássico, revelou-se mais trufado com fruta mais negra na prova de boca (17-17,5); o Barbaresco, de uma casa produtora em grande forma, esteve mais directo, com fruta encarnada e taninos discretos apesar de visivelmente mais jovem (17-17,5). Ambos excelentes, o primeiro, um Massolino (T) 2000, o segundo um Vietti Barbaresco (T) 2005, ambos com muitos anos de evolução segura pela frente.

2 comentários:

Wservir disse...

Boa tarde,

O seu blog / Site chamou a atenção dos nossos colaboradores pela qualidade das suas receitas.

Ficaríamos muito gratos se você regista-se o seu site / blog no Petitchef.com.

Ptitchef é um diretório com as melhores referências de sites de cozinha na web. Centenas de blogs espalhados pelo mundo já estão registados, aproveite para conhecer o site Ptitchef.(www.ptitchef.com ou http://pt.petitchef.com)

Neste momento contamos com mais de 150 000 visitantes por dia e enviamos mais de 200 000 emails com o menu do dia, se adicionar o seu site / blog e colocar a nossa TAG no seu site poderá receber milhares de visitantes, esperamos a sua inscrição.

Para se inscrever no Petitchef clique aquí http://pt.petitchef.com/?obj=front&action=site_ajout_form ou no link http://pt.petitchef.com e clique em "Adicionar o seu blog-site" sobre a barra laranja.


Visite também o novo site ligado ás artes: http://pt.creatiblogs.com

Se já se encontra registado no Petitchef, agradecemos a sua participação e pedimos-lhe o favor de nos ajudar a divulgar este site pelos seus amigos.


Atentamente,

Octávio
Ptitchef.com

Anónimo disse...

No natal de 2009, durante uma de suas degustações, Alessandro Garcia, Sidney Garcia e Claudio Frazão (Respectivamente), incentivados pelos presentes, tiveram a ideia de criar uma instituição para defender, cuidar e discutir os assuntos relacionados as rolhas, em especial as tradicionais rolhas de cortiça cuja fabricação tem sido ameaçada, pela crescente substituição por rolhas de plástico, em decorrência do intitulado desenvolvimento sustentável com a preservação da natureza. Mas como aceitar essa substituição com sensível prejuízo ao sabor do vinho e suas tradições? Então, por que não reciclar as rolhas de cortiça. Seria esse o caminho? Então se instituiu a ONG DA ROLHA - Ano I.

http://ongdarolha.webnode.com.pt/