quinta-feira, setembro 17, 2009

Provas


Conventual Reserva (B) 2007

Aqui está um vinho que nos agradou subjectivamente. Isto é que, na ausência de eloquências, revelou um conjunto de atributos que muito nos agradam.

Esteve fresco, tanto na prova de nariz como na de boca. Mostrou garra na boca com fruta branca de qualidade. E esteve simples e directo, sem aquelas "complicações" e "sofisticações" que, quando mal trabalhadas e mal harmonizadas, (só) causam confusão no momento da prova e do desfrute.

Foi assim: fresco, com fruta, muita garra e descomplexado. Parece fácil, não é? Pois a este preço não conhecemos muitos.

Na versão de 2008, que ainda não provámos, substituiu-se o tradicional rótulo de cortiça por um de papel prata com letras pretas (para a versão tinta, o rótulo é dourado com letras pretas, e faz lembrar mais o antigo). A ver vamos, em breve, se o estilo também cambiou...

16,5


Próximos vinhos: Valle Pradinhos (B) 2008; Athayde Grande Escolha (T) 2007; Vallado Moscatel Galego (B) 2008; Quinta do Tedo vintage (P) 2007; Quinta das Marias TN (T) 2006; Altas Quintas Reserva (T) 2005

7 comentários:

Copo de 3 disse...

Simples e directo com 16,5 ?

Raul e Joel Carvalho disse...

O português por vezes é traiçoeiro...

Nuno de Oliveira Garcia disse...

Amigo João,

Tenho para mim que um branco deve ser simples na definição de fruta e directo no prazer que proporciona. Gostei deste vinho, como escrevi no início, e posso afiançar que os brancos que mais aprecio costumam ser bastante simples e directos, o (que não significa pobres de aromas e sabores).

Grande ab.

Nuno

Pedro Sousa P.T. disse...

Foi um dos vinhos que bebi este verão, também gostei muito. Surpreendeu-me a boa relação qualidade/preço, já paguei bem mais caro por certos brancos, que ficam uns furos abaixo deste.
Também já tenho na minha pequena garrafeira, o Valle Pradinhos 2008, ainda não abri, acho que vou esperar pelo seu post.

Abraço

Copo de 3 disse...

Certo Nuno, mas os 16,5 tendo em conta o panorama vínico Nacional e mesmo Internacional parece-me algo exagerado.

Já agora, relembro que deste a mesma nota ao Esporão Reserva 2008, que para mim é um vinho que mostra bastantes mais argumentos que este Conventual Reserva branco, mas isto é apenas a minha opinião sobre o vinho em questão.

Nuno de Oliveira Garcia disse...

João,

Eu percebo o teu ponto, mas eu levo em consideração também o preço...

Um forte ab.

NOG

Nuno de Oliveira Garcia disse...

Pedro,

Também gostei, e o preço ajuda muito. By the way, o post do Valle Pradinhos já está on line.

Ab.

NOG