domingo, fevereiro 15, 2009


Quinta da Garrida Reserva
Touriga Nacional (T) 2004

A prova anterior ao Garrida Touriga Nacional (T) 2005 deu-nos ganas de... voltar a provar o 2004 de que tanto gostamos... Duas perguntas nos assaltavam o espírito: i) afinal, porque gostamos tanto da versão de 2004? ii) Estará assim tão diferente do 2005?

A verdade é que, com esta prova, confirmamos que a versão de 2004 está um nível muito alto (e, talvez por isso, nos decepcionou um pouco o 2005). Mantém-se escuro na copo, mas não opaco, e lança um aroma que combina as nuances de violeta com fruta vermelha fresca. A madeira também se sente, mas só se encontra lá para ajudar e não prejudica. Onde o Garrida 2005 revela algum excesso, este Garrida 2004 mostra equilíbrio. Onde o Garrida 2005 quer deslumbrar de imediato, este 2004 quer agradar de forma progressiva. Na boca o 2005 está mais cheio é certo, mas é o 2004 que espelha melhores e mais saborosos taninos e ganha o campeonato do carácter gastronómico. Até o final de boca do Garrida 2004 está mais prolongado!

Pode ser da evolução em garrafa, mas será que um ano apenas marca assim tanta diferença? Pode ser mudança de estilo, mas não é a mesma matéria-prima? Não conheço as respostas para estas perguntas, mas sei que não troco, por ora, uma botelha do Quinta da Garrida Touriga Nacional 2004 por duas do mesmo vinho da colheita de 2005!

17+

3 comentários:

DonVoxx disse...

http://donvoxx.blogspot.com/

Diga de sua justiça

José Alencar disse...

Boa demais esta dica. Agora, eu falo: Lusitana de Vinhos e Azeites, provei alguns rótulos portugueses que com ótimo custo beneficio. Dentre eles: Barão do Sul Garrafeira tinto 2002 - R$66,83
Castas: Syrah, Cabernet Sauvignon, Merlot, Castelão. Visite o site www.lusitanadevinhos.com.br (11) 4508 8880.

Ana Lucia Bon Jardim disse...

É isso mesmo Sr. José. A importadora, além de um atendimento impecável, conta com mais de 58 rótulos de pequenos produtores. Provei o Amo-te tinto 2005 - R$42,81
Castas: Castelão, Alicante Bouschet, Cabernet Sauvignon.
Grau alcoólico: 13,5o.
Desenvolvido especialmente para o Brasil, um vinho muito aromático, fácil, redondo e com boa persistência.
Sirva-o a temperatura de 16 a 17°C na companhia da pessoa amada.