segunda-feira, maio 08, 2006

Evel Grande Escolha e Quinta dos Carvalhais

Também em casa se fez um mini “Dão e Douro” em pura brincadeira...
Abriram-se um Quinta dos Carvalhais Colheita 2002 (Sogrape) e um Evel Grande Escolha 1999 (Real Companhia Velha). É neste momento que me cabe esclarecer que tenho pelo Evel Grande Escolha (sobretudo os de 1999 e de 2000) uma grande afeição. Não sendo a marca mais mediática no mercado, nem o vinho mais poderoso das colheitas, foi e é um valor seguro e constitui uma excelente relação preço/qualidade. Diria mesmo que pode bem ser a porta de entrada para os verdadeiros topos de gama do Douro (G7), tendo outros já sido surpreendidos com este vinho. Quanto ao Quinta dos Carvalhais Colheita, também de preço não especulativo, surpreendeu pelo equilíbrio do seu conjunto, muito agradável, todo do tipo redondo, com a fruta a teimar em não sobressair. Vejamos melhor:

  • Evel Grande Escolha (T) 1999: muito escuro, apenas vermelho na auréola, bonito e elegante sem ser do tipo super-concentrado. Alguma evolução, mas revelou muita saúde (pode ser consumido até 2010). O nariz esteve algo fechado, duro mesmo, fruta madura em bloco e alguma madeira resultante dos 18 meses de estágio. Na boca esteve complexo, também fechado, mas muito sedutor. Notas a grafite misturadas com chocolate preto, muitas camadas, terminando por vezes doce e quente. Bom++ (18)
  • Quinta dos Carvalhais Colheita (T) 2002: grenat na cor, com pouca concentração e lágrima esguia. No nariz sentiu-se alguma acidez interessante, não concretizada na boca. Do estilo redondo e macio, é um conjunto equilibrado, mas de final curto. Suficiente+ (14)

8 comentários:

Pingus Vinicus disse...

Sou também um apreciador do estilo dos Evel Grande Escolha (tenho em casa o 2000, o 2001 e o 2003). É pena que andam longe das luzes da ribalta. Talvez seja melhor assim. O seu preço não sofre especulações...
Onde arranjou esse 1999?
Rui

Nuno de Oliveira Garcia disse...

Conto tudo Rui, pois lembro-me bem como comprei:
Passeava eu em 2002 no Pingo Doce de Benfica no CC Fonte Nova (já agora, era péssimo Pingo Doce mas encontravam-se algumas preciosidades), quando vi uma estante com vários Evels GE 1999... Na altura o preço era elevado (mais ou menos o que ainda pedem hoje), cerca de 3 contos. Não hesitei e comprei 3/4 garrafas. Ainda tenho algumas de 2000 e de 2001 (mas de 1999 acabei todas).
Hoje, a colheita de 2001 e 2003 continua nesse preço (€15-€18), enquanto que os restantes Douro de qualidade subiram muito, como sabemos.
Se conseguir arranjar o de 1999 não o perca... pois é muito interessante (dá para compreender bem esse ano que, como sabemos, foi muito interessante).

Um grande abraço,

Nuno

ricardo disse...

Sou também um fan da relação preço/qualidade do evel grande escolha, tão grande fan que já não tenho. Tenho de ir abastecer. De qualquer das formas a última vez que comprei (2 garrafas de 2001) foi no ECI e custaram 12€.

Um abraço e até domingo,
RR

Nuno de Oliveira Garcia disse...

Ricardo, bom preço... especialmente no ECI.

Até Domingo. Caso esteja muita gente, o meu telemóvel é 91 258 50 99.

Nuno

rui disse...

Junta-se mais um apreciador do EveL Grande Escolha 2001. Muito bom vinho e então para o preço nem se fala. Dos melhores vinhos do mercado para o preço que tem. Por cerca de 12/13 euros compras-se na Makro e há cerca de 2/3 semanas no Jumbo estava em promoção por 9,95 euros.

Já saiu o 2003 que ainda não provei mas tenho que o fazer rápidamente.

Pingus Vinicus disse...

Já dava para se realizar uma vertical. Seria algo interessante. Já agora a primeira colheita foi 1999? Tenho a ideia de um 1997. Estarei errado, confuso...
Rui

Anónimo disse...

Very nice site! http://www.hellofolksedchevroletholyokema.info software Awning tension State farm insurance agent houston Secured credit card brevard county Honda trx 450 parts free pop up blocker Cheap diet exercise fat loss weight basketball Connect faucet purifier water Undelete+software Ambien com anbien suicide Serzone lawyers auburn Askariane.com beauty cosmetics skincare pedicures Gm isuzu built 6.6l turbo diesel residential interior design Tmj and zoloft management training

Anónimo disse...

A primeira foi de 1996, provei hoje e confesso que está divinal ;)