quinta-feira, novembro 18, 2010

Prova especial

Valle Pradinhos: Mini-Vertical
Colheitas 2003, 2004 e 2005

Conhecida marca transmontana (talvez a mais conhecida da região), foi colocada à prova numa mini-vertical. Provaram-se as colheitas de 2003, 2004 e 2005. Anos diferentes, estilo semelhante, e um grande vinho, o Valle Pradinhos (T) 2004. Em rigor, os três vinhos estiveram bem, límpidos de cor (apenas ligeira evolução no 2003) e de aroma, confirmando a marca como um bom porto seguro em matéria de qualidade e preço (e, já agora, de acessibilidade, pois encontra-se facilmente à venda, inclusivamente na restauração).

O 2005 revelou-se, todavia, uns furos abaixo, morno no aroma, demasiado redondo, muito pronto a beber e com pouca acidez, considerando o padrão da marca. Beba-se desde já, não se guarde garrafas, e não espere ser surpreendido (15,5). O 2003, apesar de maior evolução – era o mais antigo e de um ano quente, como é sabido – não se revelou demasiado cansado, mostrando grande disponibilidade na fruta (nariz e boca), taninos secos, óptimo final, em boa fase para consumo actual mas, em todo o caso, não recomendável a guarda duradoura (16,5).

O melhor da tarde, sem dúvida a colheita de 2004: aroma clássico da marca, mas com acentuada frescura, marcado um pouco pela Touriga Nacional. Taninos presentes, saborosos, grande prova de boca, fresco e muito gastronómico, pode ser guardado, sem medos, por mais meia década (17++). Belo vinho, e a um preço, no mínimo, convidativo…

4 comentários:

Pingus Vinicus disse...

Viva Nuno, sempre gostei dos Valle Pradinhos. Tenho, até, alguma curiosidade em provar os antigos.

Um abraço forte

NUNO OLIVEIRA GARCIA disse...

Rui,

Também eu aprecio a marca. Fiável, de confiança, vinhos sóbrios, com terroir e bem feitos.

Já provei alguns muito antigos (feitos pelo Nicolau de Almeida na altura) e são óptimos.

Ab.

Nuno

Abílio Neto disse...

Nuno,

Onde é que ainda posso encontrar o 04? Já só tenho uma. Preciso de reforçar.

(A minha mulher andou por Bragança e Mirandela na semana passada, esqueci-me.)

Abr.,

An

NUNO OLIVEIRA GARCIA disse...

ABílio,

Também eu gostava de ter essa resposta - o vinho está óptimo. Talvez o Santos que costuma ter coisas menos recentes, ou uma garrafeira com menos saída.

Na verdade, não sei. mas se souber digo.

Abs.

Nuno